5 de janeiro de 2014

SOLENIDADE DA EPIFANIA DO SENHOR

Tema do Domingo da Epifania

05/01/2014

A liturgia deste domingo celebra a manifestação de Jesus a todos os homens… Ele é uma “luz” que se acende na noite do mundo e atrai a si todos os povos da terra. Cumprindo o projecto libertador que o Pai nos queria oferecer, essa “luz” incarnou na nossa história, iluminou os caminhos dos homens, conduziu-os ao encontro da salvação, da vida definitiva.
A primeira leitura anuncia a chegada da luz salvadora de Jahwéh, que transfigurará Jerusalém e que atrairá à cidade de Deus povos de todo o mundo.
No Evangelho, vemos a concretização dessa promessa: ao encontro de Jesus vêm os “magos” do oriente, representantes de todos os povos da terra… Atentos aos sinais da chegada do Messias, procuram-n’O com esperança até O encontrar, reconhecem n’Ele a “salvação de Deus” e aceitam-n’O como “o Senhor”. A salvação rejeitada pelos habitantes de Jerusalém torna-se agora um dom que Deus oferece a todos os homens, sem excepção.
A segunda leitura apresenta o projeto salvador de Deus como uma realidade que vai atingir toda a humanidade, juntando judeus e pagãos numa mesma comunidade de irmãos – a comunidade de Jesus.

CELEBRAÇÃO DA EPIFANIA DO SENHOR EM IGARATINGA/ MATRIZ DE SANTO ANTÔNIO


2 de novembro de 2013

Dia de Finados em Igaratinga

Nesta data, 02/11/2013, pudemos acompanhar momentos de reencontro de vários Igaratinguenses que vieram ao Cemitério para relembrar seus familiares e amigos falecidos. 

O antigo cemitério, que fica localizado no centro da cidade e o novo, "Cemitério da Paz", no bairro São Geraldo ficaram floridos e lotados o dia inteiro.
No cemitério da Paz uma grande multidão de moradores e visitantes participaram da celebração da Santa missa as 7h30min.

O sentimento dos cristãos, ao visitar os túmulos e participar das missas e orações, não é somente de saudades, mas de esperança. Esperança de nos encontrarmos um dia, na casa do Pai. Esperança da ressurreição.  Essa esperança nunca morre.

17 de outubro de 2013

Louvor e devoção à São Geraldo Magela

Nesta quarta feira, dezesseis de outubro de 2013, durante todo o dia desde a madrugada, fiéis da comunidade Santo Antônio de Igaratinga e das comunidades vizinhas fizeram a tradicional caminhada de fé rumo à gruta de São Geraldo, como acontece todos os anos neste dia que é dedicado ao santo.


E às dezenove horas, centenas de pessoas reuniram-se na gruta para a celebração da Santa Missa, que foi presidida pelo padre Adilson Neres.


Pouco sabíamos sobre a vida de São Geraldo, mas durante a homilia, o padre aproveitou a oportunidade para fazê-lo ser mais conhecido pelo nosso povo. Através de relatos de pessoas presentes, as informações foram sendo acrescentadas. São Geraldo é mais conhecido como o santo protetor das mães e das crianças. Existem várias orações invocando a proteção dele na hora do parto e testemunhos de inúmeras graças alcançadas.


Após a missa teve queima de fogos, levantamento da bandeira, fogueira e chuva, mas foi de bençãos derramadas porque os chuviscos cessaram rapidinho.


A gruta de São Geraldo em Igaratinga fica localizada na rua Paraná, no bairro São Geraldo, e foi construída por Geraldo Fraga (in memória), que foi um excelente pedreiro. Ele construiu a gruta em frente à sua casa, onde ainda reside a viúva Dona Luzia. O nome do bairro foi escolhido por causa da existência da gruta no local.


A participação dos fiéis foi tão positiva que padre Adilson decidiu que toda (quarta) 4ª feira do mês haverá missa na gruta, e o povo respondeu com muitos aplausos, pois ficaram imensamente felizes com a boa notícia.
São Geraldo com certeza intercedeu neste momento.


Oração a São Geraldo

(Protetor das mães e das crianças )
Ó São Geraldo, celestial amigo dos infelizes, ao nos lembrarmos dos grandes milagres que operastes em vida, aumentados admiravelmente após a vossa preciosa morte, quer nos parecer que eles nos clamam: Confiança ! Confiança ! Tenham confiança !

Bem sabemos que é grande o favor que pedimos e muito acima de nossos merecimentos. Reconhecemos até sermos mais dignos de castigos que favores; pois sem dúvida é justa a punição de nossos pecados, o bem que nos falta e as aflições e dificuldades que nos fazem suplicar. De certo, atraímos sobre nós e sobre aqueles que nos são caros a ira de Deus, transgredindo voluntariamente os preceitos divinos e permitindo que outros também o fizessem. Choramos agora todas as nossas culpas.

Pedi, ó carinhoso São Geraldo, pedi ao bom pai celeste que nos perdõe. Ainda que seja justo sermos castigados por nossos pecados, afastai de nós e de nossos queridos os flagelos da justiça divina. Alcançai-nos, pelos méritos das sublimes virtudes que vos fizeram eterno amigo de Deus, a graça que com toda confiança pedimos por esta oração. Ó São Geraldo, nosso amigo, nosso milagroso benfeitor, rogai por nós a Jesus e Maria, e seremos certamente atendidos.

Rezar 9 Ave-Maria e 3 Glória ao Pai.